Sigam-me!!

Sigam-me!!

Sigam-me

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

12 ilustrações que demonstram como os homens mudaram nas últimas décadas

Nosso mundo mudou muito nas últimas décadas e nós também mudamos. O comportamento, os padrões, os objetivos e a aparência de homens e mulheres são muito diferentes agora.
Mudamos para melhor? Mudamos para pior? Os comportamentos e valores masculinos se perderam?

Hoje, gostaríamos de comparar homens modernos com aqueles que viveram no passado.

As ilustrações abaixo retratam homens daquela época e agora como animais. Confira o resultado!

A APARÊNCIA MUDOU MUITO


DIZER “OLÁ” HOJE É MUITO DIFERENTE


SE EXERCITAR AO AR LIVRE NÃO É MAIS SUFICIENTE


HOJE, HOMENS DÃO MUITO MAIS ATENÇÃO ÀS SUAS BARBAS


A RIQUEZA DE UM HOMEM MODERNO NEM SEMPRE É VISÍVEL


A VAIDADE PASSOU A CUSTAR CARO


O TAMANHO DAS ROUPAS TAMBÉM MUDOU


OS LOCAIS QUE AMIGOS SE ENCONTRAM PARA CONVERSAR MUDOU MUITO


AS FORMAS DE GANHAR DINHEIRO MUDARAM


DORMIR DEIXOU DE SER TÃO IMPORTANTE


HOMENS FICARAM FRÁGEIS


A SAÚDE SE TORNOU PRIORIDADE





Fonte Seja Parabellum

100 habilidades que todo homem deveria ter (parte 2/10)


Tem sido motivo de muitos debates acalorados entre os homens há séculos.

Quais habilidades todo homem deve ter?

Muita coisa já foi escrita sobre isso. Mas por quê?

Parte de ser homem é ser competente e eficaz no mundo. Para fazer isso, você precisa ter habilidades. Um homem quer saber (ou pelo menos sentir como se soubesse) que não importa em que situação ele esteja, ele será capaz de lidar com ela sozinho – agir em vez de seguir. Daí o nosso esforço incessante para descobrir quais habilidades precisaremos ter para demonstrar confiança e capacidade em nossos papéis masculinos.

Para o homem primitivo, esse conjunto de habilidades necessárias era claro e relativamente pequeno, girando em grande parte em torno da luta e da caça.

A quantidade de habilidades necessárias hoje, no entanto, é muito maior. O homem moderno deve ser tanto um guerreiro como um diplomata, um lenhador e um estudioso. Precisamos de habilidades físicas e habilidades intelectuais; habilidades que usamos todos os dias e habilidades que mantemos no bolso de trás, só para o caso.

Faremos uma lista de 100 habilidades que todo homem deveria ter dividida em 10 partes. Essa é a segunda delas. Boa leitura!

Consertar uma Torneira Com Vazamento
Ping. Ping. Ping. Isso pode enlouquecer um homem no meio da noite quando ele está tentando dormir. Também pode lhe custar dinheiro a longo prazo, tanto em contas de água como com um encanador. Consertar um encanamento nem sempre é algo que dá para se fazer sozinho, mas consertar uma torneira com vazamento é geralmente uma tarefa bastante simples. Com algumas ferramentas, uma ida à sua loja de ferragens local e um mínimo de conhecimento disponível na internet, você restaurará sua sanidade em pouco tempo.

Tratar uma Queimadura
Queimaduras podem acontecer a qualquer hora e em qualquer lugar. Café derramado, fagulha da churrasqueira, motor de carro superaquecido – nosso mundo está cheio de potenciais riscos de queimaduras. Se você se encontrar com uma queimadura de primeiro ou mesmo segundo grau, você quase sempre pode tratá-lo sozinho. Algumas dicas: Você deve resfriar lentamente a área afetada com água fria, não gelada. Certifique-se de limpar a queimadura e aplicar uma pomada antibiótica, e não estourar as bolhas, pois isso aumenta o risco de infecção.

Contar uma Piada
Na era dos memes fracos e dos vídeos virais, a arte da piada bem contada é uma habilidade que está morrendo. Saber como fazer as pessoas rirem sem recorrer a um vídeo de cara tomando um chute no saco no seu celular o diferencia do grupo. Além disso, quando você está em algum lugar sem sinal de celular, saber como contar uma piada bem cronometrada será um dos únicos entretenimentos que você terá.

Prever o Tempo
Se você assiste regularmente à a previsão do tempo no jornal ou verifica no smartphone, sabe com que frequência eles estão errados. Embora a previsão do tempo tenha evoluído muito, algumas das ferramentas mais precisas são as mais antigas. Os barômetros, por exemplo, podem informar como será o clima nas próximas 24 a 48 horas tão bem como qualquer previsão profissional. Além de instrumentos científicos, mesmo antigos provérbios populares sobre o clima têm muitos núcleos de verdade contidos nele. Em breve, suas próprias previsões estarão superando as de seu meteorologista local.

Fazer um Deadlift (Levantamento Terra) Corretamente
O deadlift treina os músculos que permitem que você execute um dos movimentos humanos mais básicos – levantar coisas do chão. Além do agachamento, nenhum outro exercício proporciona tanta praticidade quanto o deadlift. E além disso você se sente foda levantando 200Kg do chão com uma barra.

Recitar um Poema de Cabeça
Há algo sobre recitar um poema de cabeça que é diferente de apenas lê-lo uma e outra vez. As palavras se tornam parte de você. Elas podem não ser suas palavras originais, mas quando você as diz de memória, parece que elas vêm do coração. Recitar um poema de cabeça pode fornecer a você e aos outros inspiração e consolo em tempos difíceis. Além disso, saber como inserir sem esforço algumas linhas de um poema em uma conversa pode fazer você parecer um pouco como o homem mais interessante do mundo.

Fazer Churrasco
Acender a churrasqueira, produzir a brasa certa, cortar e temperar as carnes, acertar o ponto… Tudo isso é fundamental para qualquer homem. E não há forma melhor de aprender do que praticar!

Realizar Primeiros Socorros
Algumas situações de emergência são tão urgentes que ligar para os Bombeiros ou SAMU e esperar por paramédicos será tarde demais. Uma delas é no caso de ataque cardíaco ou outro cenário em que alguém não responde e está com dificuldade para respirar. Acredite ou não milhares de pessoas já estiveram nessa situação. Não seja pego despreparado.

Costurar um Botão
Você está se aprontando para o trabalho, e quando você abotoa a sua camisa um botão se solta. Você já sabia que estava frouxo e que esse momento chegaria. O que um homem deve fazer? Costurar de volta, claro! Enquanto costurar pode parecer uma habilidade puramente no reino das mulheres, ter essa simples habilidade pode ser muito útil quando você está com pressa.

Encontrar Água Potável
Se você se perder na mata, suas prioridades sempre serão: comida, abrigo e água – a última é a mais urgente. Um método para encontrar água potável é coletar da chuva. Se você for usar água de um lago ou rio, ela deve ser purificada, através da fervura, pastilhas de iodo ou outros métodos.



Fonte Seja Parabellum

PROJETO DE LEI REORGANIZA DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS NA PMMG - HAVERÁ A DIMINUIÇÃO DE 214 VAGAS PARA O QUADRO DE OFICIAIS COMPLEMENTARES (QOC)

O Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) recebeu, na Reunião Ordinária desta terça-feira (9/10/18), o Projeto de Lei (PL) 5.407/18, do governador, que altera a Lei 22.415, de 2016. Essa lei fixa os efetivos da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e do Corpo de Bombeiro Militar de Minas Gerais (CBMMG) para o período de 2017 a 2019.
De acordo com a mensagem que acompanha o projeto, o objetivo é readequar a distribuição dos cargos dos quadros efetivos da Polícia Militar para 2018 e 2019, sem, no entanto, alterar o número total do efetivo, mantendo-se o quantitativo de 51.669 militares na corporação.
Além disso, enfatiza o governador que as mudanças propostas não acarretarão aumento dos custos financeiros, conforme manifestação da própria PMMG. Isso porque, como destaca Fernando Pimentel, o projeto foi elaborado de forma a manter o custo total ou reduzi-lo, observando o limite prudencial, fixado pelo Estado, em cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal.
Com as alterações propostas, o quadro efetivo da Polícia Militar, com suas respectivas carreiras, ficou definido como mostra a tabela abaixo (CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR):





Com a mudança na distribuição dos cargos, o Quadro de Oficiais Complementares (QOC) terá uma diminuição de 214 vagas, sendo uma diminuição de 107 vagas para o ano de 2018 e diminuição de 107 vagas para o ano de 2019. Além do QOC o Quadro de Oficiais de Saúde e Oficiais Especialistas também sofrerão redução para o ano de 2018 e 2019.
Houve um aumento de 222 vagas para o Quadro de Oficiais (QO-PM) para o ano de 2018 e 2019 e também de 20 vagas para o Quadro de Praças (QPPM).
Confira abaixo como estava distribuído o efetivo antes da Proposta de alteração encaminhada à Assembleia Legislativa, conforme Lei 22.415/2016




Fonte: ALMG

Colégio de BH adverte estudantes com tranças e gera protesto

Jovens dizem ter sido vítimas de preconceito, e foto de uma delas se manifestando em rede social viraliza

A determinação da direção do Colégio Tiradentes, no bairro Santa Tereza,  na região leste de Belo Horizonte, para que duas estudantes, de 17 e 16 anos, retirassem as tranças modelo "box braid" e alterassem o penteado, gerou revolta entre alunos da unidade de ensino, na última terça-feira. Enquanto a escola alega que a medida foi solicitada para atender a vestimenta do colégio, as jovens dizem ter sido alvo de racismo.



Leia aqui matéria completa do Jornal O Tempo


terça-feira, 9 de outubro de 2018

ALMG TERÁ 5 DEPUTADOS LIGADOS À SEGURANÇA PÚBLICA

Foram eleitos na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), cinco candidatos que estão ligados à segurança pública. Dentre eles quatro são do PSL em um do PTB:

1. Sargento Rodrigues (PMMG);
2. Delegada Sheila (PCMG);
3. Delegada Heli Grilo (PCMG);
4. Coronel Sandro (PMMG);
5. Coronel Henrique (Exército Brasileiro).

Confira a votação dos candidatos:




Fonte Policia Pela ordem

CONGRESSO NACIONAL TERÁ NÚMERO RECORDE DE REPRESENTANTES LIGADOS À SEGURANÇA PÚBLICA

Surfando na "onda Bolsonado", principal defensor do combate à criminalidade e da corrupção no Brasil, o Partido Social Liberal (PSL) terá número recorde de Representantes no Congresso Nacional e nos Estados, muitos deles ligados diretamente com a Segurança Pública.

Teremos Praças, Oficiais, Delegados e Policiais Civis, representando a Segurança Pública no Congresso Nacional (Câmara dos Deputados e Senado Federal).

Só em São Paulo serão 7 representantes da Segurança Pública, sendo um Senador (Major Olímpio PSL)  e seis Deputados Federais: Eduardo Bolsonaro (PSL), Policial Kátia Sastre (PR), Capitão Augusto (PR), Tenente Derrite (PP), Coronel Tadeu (PSL) e General Peternelli (PSL).

Em Minas Gerais teremos 3 representantes no Congresso Nacional diretamente ligados à Segurança Pública, o Cabo Junio do Amaral (PSL), Subtenente Gonzaga (PDT) e Delegado Marcelo Freitas (PSL).

No Rio de Janeiro teremos 5 representantes no Congresso Nacional, sendo um senador Flávio Bolsonaro (PSL), e quatro Deputados Federais: Subtenente Helio Fernando (PSL), Sargento Gurgel (PSL), Major Fabiana (PSL) e Delegado Antônio Furtado (PSL).

O Partido Social Liberal (PSL) virou o "partido oficial" da Segurança Pública nas Assembleias Legislativas Estaduais e no Congresso Nacional.

Há também representantes da Segurança Pública no Congresso Nacional de outros estados.

Há também outros candidatos que não estão diretamente ligados às instituições de segurança pública mas que também defendem a mesma bandeira.



Fonte Policia Pela ordem

Bombeiros de Minas recebem inscrições para concurso com 500 vagas e remuneração de R$ 4 mil

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais está com inscrições abertas para o concurso público que recrutará 500 soldados.
Conforme o edital, 465 vagas são para combatentes, sendo que 418 são destinadas para homens e 47 para mulheres. Há também 35 vagas para especialistas das áreas de saúde, informática e mecânica. Para o primeiro cargo, a remuneração inicial é de R$ 4.098,42 e, para o segundo, o vencimento é de R$ 3.506,40.
Os interessados têm até as 19 horas do dia 27 de novembro para concluir as inscrições neste site. Para fazer o cadastro é necessário pagar uma taxa de R$ 81,96. O edital prevê algumas exigências dos candidatos. Entre delas estão ter altura mínima de 1,60 m e ter entre 18 e 30 anos.
Há restrição também com relação a tatuagens. "Não apresentar, quando em uso dos diversos uniformes, tatuagem visível que seja, por seu significado, incompatível com o exercício das atividades de bombeiro militar ou que pelo seu significado viole lei e a ordem, tal como as que discriminem grupos por sua cor, origem, credo, sexo, orientação sexual ou que incitem o consumo de drogas ou a prática de crimes", descreve o edital.
Além disso, o candidato tem que ser aprovado em avaliação psicológica e toxicológica, e também submetido a uma prova objetiva, que será aplicada no dia 20 de janeiro em Belo Horizonte, Divinópolis, Juiz de Fora, Montes Claros, Poços de Caldas, Varginha, Governador Valadares, Uberaba, Uberlândia.
Os aprovados passarão por um curso de, no mínimo, oito meses, com previsão de início no primeiro semestre de 2020. O curso funcionará na Região Metropolitana de Belo Horizonte, inclusive aos sábados, domingos e feriados.
Fonte Hoje em Dia

Número de policiais e militares no Legislativo é quatro vezes maior do que o de 2014

Na comparação de 2014 com 2018, o número de policiais e militares eleitos para as assembleias, para a Câmara e para o Senado saltou de 18 para 73. Levantamento considerou a autodeclaração dos políticos ao TSE.
O número de policiais e militares eleitos para o Legislativo pulou de 18 para 73 na comparação dos resultados das eleições de 2014 e 2018, segundo levantamento do G1, com base nos dados do TSE. Isso significa que os policiais e militares eleitos neste ano é quatro vezes maior do que as últimas eleições. Eles foram eleitos para as Assembleias, para a Câmara dos Deputados e para o Senado.
O levantamento leva em conta todos os candidatos que, no pedido de registro de candidatura, declaram seguir uma dessas profissões:
bombeiro militar;
policial civil;
policial militar;
militar reformado;
membro das forças armadas.
Por isso, o senador Major Olimpio (PSL-SP), por exemplo, não foi considerado nesse levantamento. No registro informado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o senador indicou que a sua ocupação era "deputado".
Policiais e militares nas eleições
Total de candidatos que se declaram policiais ou militares, e quantos foram eleitos desde 2002



Dos 73 policiais e militares eleitos neste ano, 43 (ou 58,9%) estão filiados ao PSL, partido do candidato a presidente Jair Bolsonaro. Entre eles estão Helio Negão, deputado federal mais bem votado no Rio de Janeiro, e Tenente Coronel Zucco, eleito deputado estadual pelo Rio Grande do Sul.
Depois do PSL, os partidos PP, PR e Rede tiveram mais policiais e miliares eleitos. PP registrou 6 políticos que informam ser policiais ou militares. PR e Rede têm 3 cada.
Nas eleições de 2014, o maior número de políticos policiais e militares foi eleito pelo PR. Naquele ano, foram 3. Os seguintes partidos registraram dois eleitos com aquela autodeclaração: PP, PT e PTB.
Por cargo
Desde 2002, dentre os policiais e militares eleitos, a maior parte ocupa uma vaga nas Assembleias Legislativas e na Câmara Distrital. Uma novidade das eleições de 2018 é a vitória de três senadores: Fabiano Contarato (ES), Capitão Styvenson (RN) e Delegado Alessandro Vieira (SE). Os três são da Rede.

Os candidatos por categoria
Até 1998, a lista de ocupações disponibilizada pelo TSE era diferente da atual. Esses candidatos eram incluídos todos aqueles que declaravam como ocupação "militar em geral", "militar reformado" ou "oficial das forças armadas e forças auxiliares".
Naquele ano, das 14.760 candidaturas deferidas, 482 eram de candidatos que declaravam uma das três ocupações acima. Foram eleitos 18 deles, 14 estaduais, 1 distrital e 3 federais.
A partir de 2002, a lista foi modificada, incluindo as cinco categorias que são usadas até hoje.
TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL
Fonte G1

Zema odeia Militares

*Zema já deixou claro que os militares para ele, são "vilões". O que está em perigo não é só o tempo de serviço com o aumento de 5 a 6 anos conforme o Zema já declarou.*
*Está em perigo é o que restou da credibilidade nas ações policiais. Zema quer paralelo às apurações internas, apurações externas, ou seja, ficarmos a mercê de quem não sabe o que de fato é o policiamento ostensivo. Está em perigo os quinquênios (para quem ainda os têm). Está em perigo o Adicional de Desempenho, o qual somente os militares que não tem quinquênio levam para a inatividade. O servidor civil não leva o ADe para a inatividade. Está em perigo é a promoção trintenária e eventuais direitos a serem adquiridos como férias prêmio e arredondamento. Está em perigo a paridade dos inativos e das pensionistas, fazendo com que o "pacto de gerações" se esfacele. Está em perigo o IPSM. Zema já falou em aumento da contribuição previdenciária e tambem do militar pagar previdência complementar. Está em perigo os salários, pois Zema já disse que os militares tem salário alto.*
*Zema seguindo o que a esquerda veio pregando durante décadas contra os militares, dentre outros de que seríamos ineficientes, corruptos, arbitrários e corporativistas, nos escolheu como "bode expiatório". O deve ser feito agora é cada militar fazer a sua parte, e todos somarmos força e  pedirmos voto três vezes mais para o Anastasia.*

*Bonifácio Ten QOR*
*08/10/18.*

Fonte Blog da Renata

Manisfesto de policiais e bombeiros militares do Estado de Minas Gerais.

"Obrigado Senhor Zema"

Mesmo antes de assumir
o palácio das Mangabeiras, o Senhor em uma fatídica entrevista, crítica de forma ferrenha os militares de Minas Gerais;
Vamos lá, é muito fácil falar da previdência e dos salários dos militares de MG, porém, em momento algum, eu vi o Senhor comentar que o policial/bombeiro militar, trabalha dia e noite, natal, ano novo, carnaval e outras datas festivas para resguardar a sociedade mineira e, "por tabela" os seus entes queridos."obrigado senhor Zema".
Em momento algum em sua entrevista, Senhor Zema, observei você falar do Cabo Marques que teve sua vida ceifada com um tiro de fuzil "na cabeça" no município Santa Margarida, zona da mata mineira, no qual, tal cabo estava tentando combater um assalto a banco no município já citado, morreu, honrosamente aos 37 anos, deixando filhos e esposa. Óbvio, que este é somente um caso dentre vários casos, nos quais policiais militares perderam suas vidas. "Obrigado senhor Zema"
Em momento algum Senhor Zema, em sua magnífica entrevista, vislumbrei o Senhor comentando sobre o rompimento das barragens de Mariana, no qual foram despejados aproximadamente 62 milhões de metros cúbicos de rejeitos de minério de ferro e, com muita coragem os bombeiros militar trabalharam com afinco para salvar pessoas, animais e bens, mesmo estando expostos a minérios possivelmente tóxicos que, "só ao longo dos anos" saberemos os efeitos maléficos que esses heróis do fogo possam ter adquirido nesta labuta comentada, mais uma vez eu digo, "obrigado Senhor Zema"
Por fim, finalizando este tutorial, em momento algum, o Senhor se expressou em sua entrevista que um policial /bombeiro militar não recebe hora extra, salubridade, periculosidade, adicional noturno............mais uma vez "obrigado Senhor Zema".Mesmo antes de ser eleito, AGRADEÇO imensamente pela consideração com a PMMG que tem 243 anos de existência e com nossos heróis do fogo do CBMMG.
Obrigado Senhor Zema, que Deus te abençoe.
Att.
Autor desconhecido.

Fonte Blog da Renata

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

CABO JUNIO DO AMARAL É ELEITO DEPUTADO FEDERAL POR MINAS GERAIS - PMMG TERÁ MAIS UM REPRESENTANTE NO CONGRESSO NACIONAL - DEPUTADO SUB TEN GONZAGA FOI REELEITO


Saiu agora a pouco o resultado das eleições 2018 e a Segurança Pública terá um novo representante no Congresso Nacional, o Cabo Junio do Amaral.

Cabo Junio do Amaral (PSL) que sempre esteve ao lado do candidato a Presidência Jair Messias Bolsonaro e o filho Eduardo Bolsonaro se destacou na campanha e superou  em números absolutos de votos representantes de classe como Sub Ten. Gonzaga (Dep. Federal também eleito) e Sgt Rodrigues (Dep. Estadual também eleito).

Cabo Junio do Amaral ultrapassou os 158 mil votos e foi os segundo candidato mais votado do PSL, ficando atrás apenas do Deputado Marcelo Álvaro (o candidato mais votado em Minas Gerais). Dos representantes da Segurança Pública Cabo Junio do Amaral foi o melhor colocado (sétimo mais bem votado do Estado).

O Deputado Sub Ten Gonzaga foi reeleito sendo o candidato mais bem votado do PDT de Minas com mais de 93 mil votos.

Já o Deputado Estadual Sgt Rodrigues (PTB), também reeleito, foi o segundo deputado mais bem votado para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais contando com mais de 123 mil votos.

Dessa forma, Minas Gerais terá duas cadeiras ocupadas por integrantes da gloriosa Polícia Militar representando a segurança pública no Congresso Nacional.

Parabéns aos representantes da Polícia Militar eleitos, Cabo Junio do Amaral, Sub Ten Gonzaga e Sgt Rodrigues!


Fonte Policia Pela Ordem

CONGRESSO NACIONAL TERÁ NÚMERO RECORDE DE REPRESENTANTES LIGADOS À SEGURANÇA PÚBLICA


Surfando na "onda Bolsonado", principal defensor do combate à criminalidade e da corrupção no Brasil, o Partido Social Liberal (PSL) terá número recorde de Representantes no Congresso Nacional e nos Estados, muitos deles ligados diretamente com a Segurança Pública.

Teremos Praças, Oficiais, Delegados e Policiais Civis, representando a Segurança Pública no Congresso Nacional (Câmara dos Deputados e Senado Federal).

Só em São Paulo serão 7 representantes da Segurança Pública, sendo um Senador (Major Olímpio PSL)  e seis Deputados Federais: Eduardo Bolsonaro (PSL), Policial Kátia Sastre (PR), Capitão Augusto (PR), Tenente Derrite (PP), Coronel Tadeu (PSL) e General Peternelli (PSL).

Em Minas Gerais teremos 3 representantes no Congresso Nacional diretamente ligados à Segurança Pública, o Cabo Junio do Amaral (PSL), Subtenente Gonzaga (PDT) e Delegado Marcelo Freitas (PSL).

No Rio de Janeiro teremos 5 representantes no Congresso Nacional, sendo um senador Flávio Bolsonaro (PSL), e quatro Deputados Federais: Subtenente Helio Fernando (PSL), Sargento Gurgel (PSL), Major Fabiana (PSL) e Delegado Antônio Furtado (PSL).

O Partido Social Liberal (PSL) virou o "partido oficial" da Segurança Pública nas Assembleias Legislativas Estaduais e no Congresso Nacional.

Há também representantes da Segurança Pública no Congresso Nacional de outros estados.

Há também outros candidatos que não estão diretamente ligados às instituições de segurança pública mas que também defendem a mesma bandeira.


Fonte Policia Pela Ordem

ROMEU ZEMA É A NOVA AMEAÇA À PREVIDÊNCIA DOS MILITARES

O candidato ao Governo de Minas, Romeu Zema, declarou em entrevista ao Portal Uai/Estado de Minas que, caso eleito, vai mexer na aposentadoria dos militares, aumentando o tempo de serviço da classe em, pelo menos, cinco a seis anos. Demonstrando um claro desconhecimento sobre o assunto, justifica a necessidade da mudança em razão do aumento da perspectiva de vida do brasileiro e ignorando, completamente, as especificidades da profissão, razão pela qual tem um tempo para aposentadoria diferenciado.

O mais estranho é ele dizer que já esteve com a classe dos militares e que eles concordam que, da maneira que está, “a conta não fecha”. Não fica difícil imaginarmos com quem ele conversou se lembrarmos do discurso feito pelo atual comandante-geral da PM, Coronel Helbert Figueiró, em reuniões feitas com a tropa nas sedes das RPM’s. Ele vai além, colocando a culpa do atraso e parcelamento dos salários dos servidores públicos nos próprios servidores que, segundo ele, aposentam com salários muito acima da média e que por isso não tem dinheiro suficiente para pagar em dia. Com este discurso, Romeu Zema mais parece um “guarda-costas” do atual governo do PT e talvez seja este mesmo seu real objetivo, já negociado para um segundo turno, quem sabe…

“Este é mais um motivo para todos os militares se unirem e trabalharem dobrado nesses dois últimos dias para elegermos, em primeiro turno, Antônio Anastasia. Vale lembrar que, em seu governo, foi negociado o maior reajuste para a classe, que somou o total de 101%! Vamos juntos devolvermos as chaves de Minas para Anastasia”, conclamou Sargento Rodrigues.



Fonte Blog da Renata

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

PROVA OBJETIVA DO CFSD PMMG TEM 17 CANDIDATOS COM NOTA MÁXIMA E TCF JÁ COMEÇA NA TERÇA (09/10)

Saiu hoje (04/10) o resultado da primeira fase do concurso público para o cargo de soldado da Polícia Militar de Minas Gerais. O concurso é o mais concorrido após a exigência do nível superior de escolaridade como requisito para o ingresso na Instituição.

Cada vez mais concorrido e com candidatos mais preparados (alguns comentaram que começaram a jornada de estudo um ano antes do edital), o concurso teve 7 candidatos que "fecharam" a prova objetiva e 53 candidatos que erraram apenas uma das 40 questões. Entre as candidatas do sexo feminino 10 conseguiram a pontuação máxima na prova objetiva e 38 acertaram 39 questões do total de 40. Nota de corte do concurso foi de 34 acertos para os homens e 37 para as mulheres. Isso, somente na disputa pelas vagas da RMBH, demonstrando a necessidade de se criar uma cultura de preparo antecipado para os concursos públicos.


Aqueles que deixam para se preparar após a publicação do edital tem muito pouco tempo para ver todo o conteúdo cobrado no concurso.

Ao todo, para a RMBH, foram convocados 2050 candidatos do sexo masculino e 276 candidatas do sexo feminino para a 2ª fase do concurso, que já começa na próxima terça-feira (09/10), com o Teste de Capacitação Física (TCF).

Conforme previsto no subitem 2.2.1 do edital regulador do certame, os candidatos aprovados na 1ª fase e convocados para a 2ª fase deverão, OBRIGATORIAMENTE, acessar o site e preencher o Formulário de Informações Complementares (FIC). O formulário estará disponível no período de 12/11 a 28/11/2018 até as 23h59min.

Não se esqueça de levar o documento de identidade com o CPF no dia dos exames da 2ª fase do concurso!

Confira abaixo o quadro de atividades da 2ª fase do concurso publicado pelo CRS:



Fonte: Policia Pela Ordem 


Pesquisa Datafolha coloca Anastasia com 32%; Pimentel, 21%; Zema, 15%

Com o resultado, há um empate no limite da margem de erro no segundo lugar

O senador Antonio Anastasia (PSDB) mantém uma boa distância para o petista Fernando Pimentel (PT) na corrida pelo governo de Minas, aponta o Datafolha, que divulgou uma nova pesquisa na noite desta quinta-feira. O tucano lidera com 32% das intenções de voto, contra 21% do atual governador.

A grande surpresa foi a forte ascensão de Romeu Zema (Novo), que ganhou seis pontos percentuais em relação ao último levantamento, passando de 9% para 15%. Como a margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos, o empresário está tecnicamente empatado com Pimentel.

Na sequência aparecem Adalclever Lopes (MDB): 5%; João Batista Mares Guia (Rede): 2%; Dirlene Marques (PSOL): 1%; Alexandre Flach (PCO): 1%; Claudiney Dulim (Avante): 1%; Jordano Metalúrgico (PSTU): 0%. Votos brancos e nulos somaram 13%, enquanto 9% dos entrevistados não souberam responder.

A pesquisa foi realizada entre os dias 3 e 4 de outubro e ouviu 1.585 eleitores de 72 municípios mineiros, com 16 anos ou mais. O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Segundo turno

O Datafolha também simulou um eventual segundo turno entre Anastasia e Pimentel. O tucano venceria com 48% dos votos, contra 30% do atual governador. Nesse cenário, votos brancos e nulos somaram 18%, enquanto 4% dos entrevistados não souberam responder.

Confira os números:


https://www.otempo.com.br/mobile/hotsites/eleições-2018/pesquisa-datafolha-coloca-anastasia-com-32-pimentel-21-zema-15-1.2045352

terça-feira, 2 de outubro de 2018

COMEÇARAM HOJE (01/10) AS INSCRIÇÕES PARA O CONCURSO DE SOLDADO DO CORPO DE BOMBEIROS DE MG

As inscrições do concurso público para soldado do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMMG), já podem ser feitas através do link:

https://www.gestaodeconcursos.com.br/site/site/DetalheConcurso.aspx?CodigoConcurso=1251

São ofertadas 500 vagas, sendo 465 vagas para Soldado Combatente e 35 vagas para Soldados Especialistas.

As inscrições terminam no dia 27/11/2018.

O valor da inscrição é de R$ 81,96 (oitenta e um reais e noventa e seis centavos).

Fiquem atentos pois o pedido de isenção vai até o dia 03/10.

Estude com o DRM Concursos, um preparatório com alto índice de aprovação em concursos públicos de carreira militar:




Confira mais detalhes do concurso:





Fonte: Policia Pela Ordem

CFSd QPPM/2019 - CONSULTA NOTA PROVA OBJETIVA

ATENÇÃO CANDIDATOS

O ato de resultado da 1ª fase e convocação para a 2ª fase, bem como as demais orientações será publicado no dia 04/10/2018, conforme edital do concurso.
Para consultar a nota de corte, clique aqui.
Para consultar nota da prova objetiva, clique aqui.




Para obter o SEQUENCIAL (SENHA), o candidato deverá:
1. Selecionar no campo Concurso: "CONCURSO PUBLICO PARA CURSO DE FORMACAO DE SOLDADO DA PMMG - CFSD QPPM/2019";
2. Preencher o campo CPF;     
3. Clicar na opção "PESQUISAR SEQUENCIAL SENHA".
OBSERVAÇÃO: Este procedimento deverá ser realizado no seguinte link:
http://www.sistemas2pm.mg.gov.br/inscricao/inscricao.asp  

Fonte: Blog da Renata

CRS DEVE DIVULGAR HOJE O RESULTADO DOS RECURSOS. RESULTADO DA 1ª FASE SAI NO DIA 04/10


O Centro de Recrutamento de Seleção (CRS), responsável pelos concursos da Polícia Militar de Minas Gerais, deve divulgar hoje (01/10) o resultado dos recursos apresentados pelos candidatos.

Após a divulgação do deferimento ou indeferimento dos recursos, o CRS divulgará a nota de corte e o resultado da primeira etapa, prevista para ser divulgado no dia 04/10/2018, conforme edital.

Como havíamos divulgado no Blog, acreditamos que a nota de corte para os homens na RMBH ficará entre 28 e 30 e para as mulheres entre 33 e 35.

Lembrando que o Edital do concurso CFSd QPPM/2019, prevê no item 6.10, que podem ser convocados para a segunda fase, mais candidatos que as três vezes a quantidade de vagas previstas no edital.

Considerando como exemplo as vagas destinadas para os candidatos do sexo masculino na RMBH (621 vagas), conforme previsão do edital, serão chamados para a 2ª fase do concurso [(AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA, AVALIAÇÃO FÍSICA MILITAR (AFM), EXAMES DE SAÚDE (PRELIMINARES E COMPLEMENTARES) E EXAME TOXICOLÓGICO)], o total de 1.863 (mil oitocentos e sessenta e três candidatos). Porém, COMO EXEMPLO, se a nota de corte for 28, todos os candidatos que acertaram 28 questões serão chamados para a segunda fase do concurso, mesmo que ultrapasse os 1.863.

Isso possibilita que mais candidatos possam participar das demais fases do concurso e, se aprovados, sejam convocados para o curso de formação, já que nos concursos anteriores TODOS OS CANDIDATOS EXCEDENTES FORAM CONVOCADOS.

Importante ressaltar que não há possibilidade de chamar "excedentes" em fases do concurso, ou seja, na verdade excedentes são os candidatos que foram aprovados em todas as fases do concurso porém, ao final de todo o processo seletivo, ficaram além das vagas previstas no edital. Portando, os que não alcançarem a nota de corte publicada pelo CRS serão ELIMINADOS do concurso.

Confira o que prevê o item 6.10 do Edital:


6.10 Serão convocados para submissão à 2ª fase do concurso para a realização de Avaliações Psicológicas, Avaliação Física Militar (AFM), Exames de Saúde (preliminares e complementares) e Exames Toxicológicos, os candidatos aprovados e melhores classificados na 1ª fase, conforme critérios estabelecidos neste edital, observando-se, rigorosamente, a ordem decrescente das notas obtidas na Prova Objetiva, na proporção de 3,0 (três vírgula zero) candidatos por vaga para ambos os sexos, sendo incluídos todos os candidatos, porventura, empatados na nota de corte.



Fonte: Policia Pela Ordem

Homem acerta pescoço de policial em Betim com faca e morre baleado

Homem acerta pescoço de policial com faca e morre baleado

Vítima criou tumulto na porta de uma igreja evangélica e ameaçou várias pessoas

Um homem morreu baleado por um policial militar na noite desse sábado (29) na rua Cascais, no bairro São João, em Betim, na região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a corporação, o militar chegou até o local depois de testemunhas informarem que o homem estava com duas facas em mãos, arranhando carros e ameaçando pessoas.

O suspeito teria batido com as mãos no portão de uma igreja evangélica durante uma festa, gritando "hoje eu vou matar, hoje eu vou morrer".

O policial pediu para que Silva soltasse as armas, mas ele não acatou a ordem e continou a desferir golpes.

O homem avançou em direção ao militar e o atingiu de raspão no pescoço com uma das facas.

Para se defender, o PM atirou contra o suspeito, que caiu no chão.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até o local e constatou o óbito.

A perícia também esteve na cena do crime e identificou três perfurações, sendo uma no tórax e duas nas costas.

O Corpo foi levado para o Instituo Médico Legal (IML) de Betim e o caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: O Tempo

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Pimentel condiciona fim do parcelamento à vitória petista

Governador disse ainda que repasses para as prefeituras serão regularizados


O governador do Estado e candidato à reeleição, Fernando Pimentel (PT), declarou que, caso ele e o ex-ministro e candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) sejam eleitos, será possível acabar com o escalonamento do salário dos servidores públicos do Estado. A declaração foi feita no programa eleitoral do petista na televisão. O governador afirmou também que, nesse cenário, os repasses estaduais para as prefeituras serão regularizados.

“Vamos fazer tudo que fomos impedidos de fazer nos últimos quatro anos. Vamos regularizar os repasses para as prefeituras, vamos equilibrar as contas do Estado e, principalmente, acabar com o parcelamento dos salários”, garantiu Pimentel.

No programa, o candidato petista criticou o governo de Michel Temer (MDB). “Com o Fernando Haddad na Presidência, o boicote do governo Temer vai acabar. Minas vai voltar a receber recursos federais”, disse.

Segundo a Associação Mineira de Municípios (AMM), o governo do Estado deve atualmente R$ 7,9 bilhões às prefeituras mineiras, relativos aos repasses constitucionais do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), da saúde, do transporte escolar, da assistência social e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Desde fevereiro de 2016, o funcionalismo de Minas recebe o salário parcelado em até três vezes. Os servidores que têm a remuneração de até R$ 3.000 recebem em uma parcela única; os que ganham até R$ 6.000, recebem em duas parcelas, e aqueles que recebem acima de R$ 6.000 têm o salário dividido em três parcelas. Em maio do ano passado, além do escalonamento, as parcelas começaram a sofrer atrasos.

Carta. No programa eleitoral exibido nesta segunda-feira (24), Haddad entrega para Pimentel uma carta escrita pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – que está preso em Curitiba, há quase seis meses, por crimes de corrupção – direcionada para o povo mineiro. Na carta, Lula pede votos para Haddad e para Pimentel e conta que na época em que ele era presidente e Pimentel, o prefeito de Belo Horizonte, havia uma parceria entre eles. O líder do PT garante que, caso os candidatos petistas sejam eleitos, tal parceria vai ser retomada.

“Quando fui presidente, nossa parceria permitiu que ele fosse o melhor prefeito do país. Com Haddad na Presidência e Pimentel no governo do Estado, essa parceria será retomada, e Minas vai deixar para trás a perseguição e voltar aos bons tempos”, diz trecho da carta.

Agenda

Saúde. Nesta terça-feira (25), o governador grava programa eleitoral, concede entrevista e cumpre agenda de governo. À noite, Pimentel participa de plenária sobre políticas para a saúde.


Fonte O Tempo

terça-feira, 25 de setembro de 2018

SERVIDORES ENTRAM NA JUSTIÇA PARA RECEBER PRÊMIO DE PRODUTIVIDADE DE 2013 E 2014


Um escritório de advocacia de Belo Horizonte ajuda servidores que entraram na Justiça contra a falta de pagamentos dos prêmios de produtividade nos anos de 2013 e 2014 acordados na gestão de Antonio Anastasia (PSDB-MG), hoje senador e candidato a governador. Segundo o advogado Ricardo Maurício, do escritório Brettas e Reis, a ação foi feita após diversos contatos de funcionários do Estado abordando a questão. No cálculo do jurista, o montante de pessoas na ação pode chegar a mais de 500.

“A última vez em que esse benefício do prêmio de produtividade foi pago foi em 2014, mas era um montante referente ao exercício de 2012. Os anos de 2013 e 2014 ainda estão em aberto”, conta o advogado, alegando, ainda, que a ação que envolve os valores de 2013 está prestes a ser prescrita. “Está quase prescrevendo. Estamos na luta para que isso não aconteça e os servidores recebam o que têm direito”, pontua.

O benefício, considerado como um 14º salário do funcionalismo e que é destinado a servidores que atingiram metas produtivas, foi implantado no governo Aécio Neves (PSDB). Em 2014, último ano em que o benefício foi pago, referente ao exercício de 2012, o prêmio de produtividade custou aproximadamente R$ 570 milhões. Cerca de 365 mil servidores receberam valores naquele ano.

Em março de 2015, três meses após assumir a gestão, Pimentel assinou decreto determinando que o benefício, durante sua gestão, só seria pago se houvesse disponibilidade de recursos em caixa. De fato, os prêmios dos exercícios de 2015, 2016 e 2017 não foram pagos.

Questionado se o escritório também vai entrar na Justiça pedindo o pagamento dos benefícios atrasados por Pimentel, Ricardo Maurício disse que não. “Até poderíamos fazer esta ação, mas perderíamos sem dúvida alguma. Em 2015, nesta gestão, não houve o acordo de metas entre a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e as entidades sindicais, então seria uma derrota certa. O governo Anastasia, sim, realizou esse acordo, esse compromisso”, argumentou o advogado.

Na semana passada, durante cumprimento de agenda de campanha em Pouso Alegre, no Sul de Minas, Anastasia disse ter “simpatia pela ideia de retomar o pagamento do prêmio por produtividade para o funcionalismo público”. Apesar disso, o tucano classificou como “ansiedade” dar mais detalhes sobre o tema. Na ocasião, ele afirmou, ainda, que, quando o adicional foi criado, com o intuito de motivar o funcionário a atingir metas, na primeira etapa do chamado “choque de gestão”, em 2008, “a casa já estava em ordem” havia um tempo.

Em contato com o Aparte, a assessoria de Antonio Anastasia afirmou que a responsabilidade pelos atrasos no pagamento destes anos é da atual gestão, de Fernando Pimentel (PT).

“Durante a gestão de Anastasia o prêmio de produtividade foi pago de acordo com aquilo que foi acordado. As metas pactuadas em 2012 foram apuradas durante 2013 e pagas em 2014. As metas de 2013 foram apuradas durante 2014 e deveriam ter sido pagas já no atual governo, em 2015; assim como as de 2014, apuradas em 2015, deveriam ter sido pagas em 2016”, mostra a nota enviada pela equipe do tucano.


Fonte O Tempo




Pimentel promete divulgar escala de pagamento no dia 2 de outubro


Também foi anunciada ao comitê do funcionalismo a instalação de um grupo para estudar a situação previdenciária do estado

O governador Fernando Pimentel disse na semana passada que seu salário também é parcelado(foto: Carlos Alberto / Imprensa MG)

O governo de Minas marcou para cinco dias antes das eleições o anúncio da escala de pagamento de outubro, pelo mês trabalhado em setembro. A data, do dia 2/10, foi informada em reunião do comitê de servidores com o estado nesta segunda-feira (24). No mesmo dia será instalada a comissão para estudar uma solução para o rombo previdenciário nos cofres públicos mineiros.

O grupo também ouviu dos representantes do governador Fernando Pimentel (PT) que o trabalho será para melhorar a escala, fazendo coro ao que o petista vem dizendo em entrevistas recentes.

A partir de setembro, o governador garantiu que as datas do parcelamento anunciado não sofrerão atraso. Ele também alega ter diminuído o escalonamento para duas datas e que pretende “melhorar” ainda mais a tabela. Na semana passada, Pimentel também afirmou em entrevista que o próprio salário também é parcelado.

Escala de pagamento

As datas de pagamento e os valores das parcelas serão definidas somente no dia 2 de outubro, segundo o assessor-chefe de Relações Sindicais e Trabalhistas do governo, Carlos Calazans. “Estamos fazendo as contas para discutir a proposta nesta data (2/10) e definir as datas e valores. O esforço é para melhorar a escala, mas dependemos de questões financeiras”, disse.

Segundo ele, a comissão de estudo da situação previdenciária que também será instalada em 2 de outubro terá representantes de 13 sindicatos. Ela será presidida pelo secretário de Planejamento e Gestão em Exercício César Lima e terá membros das secretarias da Casa Civil e Fazenda.

O governo de Minas mudou as regras do parcelamento na escala anunciada para este mês de setembro. Nela, os servidores da educação e demais categorias continuaram recebendo em três datas, mas, de acordo com o estado, tratam se de duas parcelas (a primeira, um complemento dela e a segunda). Para os funcionários da Segurança, Hemominas, Fhemig e Ipsemg, continuaram a ser dois dias de pagamento.

Confira a escala de setembro:

Para os servidores do IPSEMG, FHEMIG, HEMOMINAS e Segurança Pública (ativos, inativos e pensionistas):

13/9 (quinta-feira): 1ª parcela de  até R$ 3.000.

26/9 (quarta-feira): 2ª parcela restante do salário.

Continua depois da publicidade


Para os demais servidores da educação e demais categorias (ativos, inativos e pensionistas):

13/9 (quinta-feira): 1ª parcela até R$ 2.000
20/9 (quinta-feira): complemento de até R$ 1.000
28/9 (sexta-feira): restante do salário.



Fonte Em.com.br

Sancionada lei que amplia licença paternidade para as Forças Armadas

O presidente da República em exercício, ministro Dias Toffoli, preside cerimônia de sanção de Lei que amplia licença paternidade para integrantes das Forças Armadas - Antonio Cruz/ Agência Brasil

“É crucial porque estimula nesta fase, particularmente importante, o desenvolvimento dos laços afetivos entre pai e filho. É crucial também porque ajuda a aliviar o peso que tradicionalmente recai sobre a mãe. A divisão de tarefas com o pai atende os interesses da saúde da mãe e da criança”, disse Toffoli. Para ele, a extensão da licença significa a “valorização da paternidade”.

Com a alteração, os militares terão a licença-paternidade semelhante à dos servidores públicos federais, na esfera civil, e dos empregados da iniciativa privada, no caso das empresas que participam do programa Empresa Cidadã, criado em 2016.

O ministro da Defesa, General Silva e Luna, também discursou no evento. Sua fala deu ênfase ao papel do pai na educação dos filhos. “Ser pai significa ser base, proteção, ordem, autoridade, força, vigor, verdade. Significa ser mestre, [ter] capacidade de indicar caminhos, mesmo sabendo quão custoso será trilhá-los. Ser pai significa ter um grande amor pelos filhos. Amá-los na alegria, na diversão e na dor. Amá-los ensinando a distinguir ninhos de arapuca”.

Toffoli ficará na presidência da República interinamente até amanhã (25), quando Michel Temer retorna de Nova York. Ele está na cidade norte-americanaacompanhando as atividades da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU).

Fonte Agencia Brasil

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Pagamento integral no 5 dia útil de outubro

Um golpe do governador Pimentel para ir para o segundo turno.


Não vote no Pimentel


Informações do deputado sargento Rodrigues


Fonte Blog da Renata

LUTO PMMG

Srs é com muita dor que tenho de informá-los que o Cb Elton não resistiu aos ferimentos, apesar de todas as manobras médicas o militar veio a óbito.

O acidente na km 79.1 da BR050 altura do Glória, por volta das 09h30 de 23/09/18.

Militar estava no veículo próprio sentido a Uberaba, segundo a PRF aparentemente o Cb Elton perdeu o controle, saiu da pista capotou e foi arremessado para fora do veículo.

Foi socorrido pela ambulância da MGO com fratura de crânio e ferimentos internos.

Equipe médica ficou mais de hora tentando reanimá-lo mas apesar de inicialmente responder precariamente não resistiu e veio a óbito.

Cmt do Batalhão, Supervisão, Cmt de Cia e CPU acompanhando e todo o apoio necessário a família.

Que Deus tenha misericórdia e ampare toda a família!

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

DECRETO 450/2018 DEFINE EXIGÊNCIA DE NÍVEL SUPERIOR PARA INGRESSO NA PMMG

Foi publicado no último dia 13/09/2018, no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais - DOEMG, o Decreto nº 450 que encerra o prazo de prorrogação da exigência de nível superior de escolaridade para ingresso como soldado da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG).


Até a semana passada, antes da publicação do Decreto 450/2018, havia uma polêmica sobre a exigência do nível superior de escolaridade para o ingresso no cargo de soldado da PMMG, pois o Decreto nº 413/2015 prorrogava essa exigência até o ano de 2020 e mesmo com a prorrogação todos os editais da PMMG exigiam o requisito para o ingresso na Instituição.

O discussão foi parar no poder judiciário, que por decisão em primeiro grau chegou a suspender o concurso público para o cargo de soldado poucos dias antes da prova. Porém, a decisão do magistrado foi revertida por outra do próprio Presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Agora, com a publicação do Decreto nº 450/2018 encerra-se a discussão. A partir de agora não há mais dúvidas de que passa a vigorar a exigência do nível superior de escolaridade para ingresso em qualquer cargo da PMMG, conforme prevê o inciso V do art. 5º da Lei nº 5.301/69 - Estatuto dos Militares do Estado de Minas Gerais.

Cabe esclarecer que o Curso Sequencial ainda é aceito pela PMMG como preenchimento do requisito de nível superior de escolaridade, apesar da pouca duração do curso (apenas 3 meses). A previsão do Curso Sequencial como Curso Superior de Escolaridade está no art. 44 da Lei nº 9394/96 - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Importante ressaltar que para que o Curso seja aceito pela PMMG é necessário que o curso seja reconhecido pelo MEC.

Confira na íntegra o que dispõe o Decreto nº 450/2018:

Encerra o prazo prorrogado de que trata o Decreto NE nº 413, de 8 de outubro de 2015, que prorroga o período previsto no art. 6º daLei Complementar nº 115, de 5 de agosto de 2010.
O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso de atribuição que lhe confere o inciso VII do art. 90 da Constituição do Estado e tendo em vista o disposto no parágrafo único do art. 6º da Lei Complementar nº 115, de 5 de agosto de 2010,
DECRETA:
Art. 1º – Fica encerrado o prazo prorrogado de que trata o Decreto NE nº 413, de 8 de outubro de 2015, que prorroga o período previsto no art. 6º da Lei Complementar nº 115, de 5 de agosto de 2010.
Art. 2º – Este decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, aos 13 de setembro de 2018; 230º da Inconfidência Mineira e 197º da Independência do Brasil.
FERNANDO DAMATA PIMENTEL



Fonte Policia Pela Ordem

Memorando que retifica a proibição de carros c adesivos serem proibidos de entrar nos quartéis, portanto, permitindo a entrada!




Fonte Blog da Cris

Governo de Minas estuda reduzir parcela para pagamento dos servidores


Atualmente os servidores recebem o salário dividido em até três parcelas

O governo de Minas Gerais informou, nesta quarta-feira (19), que estuda reduzir o número de parcela para o pagamento dos servidores públicos a partir do mês que vem.

Atualmente os servidores recebem o salário dividido em até três parcelas. Segundo  nota da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), a redução é estudada.

"Conforme o próprio governador ressaltou durante o debate dessa terça-feira, a redução do número de parcelas a partir do mês que vem é uma possibilidade que está em estudo", disse a secretaria por nota.

Ainda de acordo com a nota, a questão do escalonamento é sempre discutida por representantes do governo e dos sindicatos que representam os servidores na  Comissão de Acompanhamento da Folha de Pessoal, criada por determinação do governador Fernando Pimentel.

"É preciso deixar claro que a decisão de parcelar os salários dos servidores do Executivo está diretamente atrelada ao déficit deixado pela gestão anterior e à atual crise econômica que afeta o país", conclui a nota.

Fonte O Tempo

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Todo homem deve ser capaz de salvar sua própria vida: 5 atividades físicas que um homem deve dominar


Em 1926, o atleta e fisiculturista americano Earle Liederman escreveu um livro chamado Endurance. Nele, Liederman argumenta que todo homem deveria estar fisicamente apto a salvar sua própria vida em uma emergência. Ele define cinco padrões de aptidão física que indicam se um homem está à altura dessa tarefa. Nenhum deles exige que você seja capaz de levantar 200 Kg no supino ou tenha um abdômen “trincado”. Em vez disso, os padrões de aptidão física se concentram em ter força e resistência para correr, nadar ou se colocar em segurança. Se você está procurando por um objetivo fitness, os cinco padrões de aptidão física de Liederman são um bom lugar para começar.

Segundo Liederman:



“Todo homem deveria poder salvar sua própria vida. Ele deveria ser capaz de nadar longe o suficiente, correr rápido e por tempo suficiente para salvar sua vida em caso de emergência e necessidade. Ele também deveria ser capaz de puxar o próprio peso um número razoável de vezes, bem como sustentar o próprio peso com os braços várias vezes, e deveria ser capaz de pular uma altura e distância razoáveis.”

Um homem deveria ser capaz de:

Nadar ao menos um quilômetro




Correr ao menos 200 metros em alta velocidade




Pular sobre obstáculos mais altos que a cintura




Puxar seu corpo para cima com a força de seus braços, até que seu queixo toque suas mãos, pelo menos de 15 a 20 vezes




Mergulhar entre barras paralelas ou entre duas cadeiras, pelo menos 25 vezes



Liederman finaliza:

“Se ele puder realizar essas coisas, não precisará temer a segurança de sua vida, caso seja forçado a entrar em uma emergência da qual só ele possa se salvar ”.


Fonte: SejaParabellum

Corpo de Bombeiros fiscaliza situação de segurança em cerca de 350 museus em Minas


Museus de Minas Gerais recebem, a partir desta segunda-feira, fiscalização do Corpo de Bombeiros para verificar as condições de segurança dos imóveis. A ação vai durar 60 dias e ocorre após o incêndio que destruiu parte do acervo do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, no dia 2 de setembro. Aproximadamente 350 equipamentos culturais serão examinados.

Os trabalhos fazem parte da operação "Alerta Vermelho", já realizada pela corporação em estabelecimentos comerciais. A força-tarefa foi deliberada pelo governador do estado, Fernando Pimentel (PT), na última quinta-feira (6), em decreto publicado do Diário Oficial. Durante a vistoria, os militares vão verificar se o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) está regular. Estrutura e condições de ligações elétricas, sinalizações para saídas de emergência, além das zonas de escape dos visitantes em caso de algum ocorrido, estão na pauta das verificações.
A situação dos hidrantes e dos extintores de incêndio também receberam atenção durante a perícia nos museus. Ao fim dos 60 dias, um relatório sobre a situação dos museus será expedido para que as possíveis providências sejam tomadas pelos responsáveis. "As medidas já começam a ser tomadas agora. Mas o objetivo da operação não é a interdição de museus", explicou o tenente Pedro Aihara.
 “A gente está fazendo isso para atualizar o estágio e o nível de regularização que cada edificação está. Como estamos dentro de uma força-tarefa, essas informações são gerenciadas por uma sala de situação que contempla 11 órgãos, que vão desde o Corpo de Bombeiros até os que são responsáveis pelo patrimônio histórico. A partir dessa integração medidas vão ser tomadas", acrescentou o militar.
Compõem a operação os seguintes órgãos: Secretaria de Estado de Cultura (SEC), Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), Gabinete Militar do Governador (GMG) – por meio de sua Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha), Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Fundação Clóvis Salgado (FCS), Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop) e Conselho Estadual de Patrimônio Cultural (Conep).
Fonte: Hoje em Dia