Sigam-me!!

Sigam-me!!

Sigam-me

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Pimentel condiciona fim do parcelamento à vitória petista

Governador disse ainda que repasses para as prefeituras serão regularizados


O governador do Estado e candidato à reeleição, Fernando Pimentel (PT), declarou que, caso ele e o ex-ministro e candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) sejam eleitos, será possível acabar com o escalonamento do salário dos servidores públicos do Estado. A declaração foi feita no programa eleitoral do petista na televisão. O governador afirmou também que, nesse cenário, os repasses estaduais para as prefeituras serão regularizados.

“Vamos fazer tudo que fomos impedidos de fazer nos últimos quatro anos. Vamos regularizar os repasses para as prefeituras, vamos equilibrar as contas do Estado e, principalmente, acabar com o parcelamento dos salários”, garantiu Pimentel.

No programa, o candidato petista criticou o governo de Michel Temer (MDB). “Com o Fernando Haddad na Presidência, o boicote do governo Temer vai acabar. Minas vai voltar a receber recursos federais”, disse.

Segundo a Associação Mineira de Municípios (AMM), o governo do Estado deve atualmente R$ 7,9 bilhões às prefeituras mineiras, relativos aos repasses constitucionais do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), da saúde, do transporte escolar, da assistência social e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Desde fevereiro de 2016, o funcionalismo de Minas recebe o salário parcelado em até três vezes. Os servidores que têm a remuneração de até R$ 3.000 recebem em uma parcela única; os que ganham até R$ 6.000, recebem em duas parcelas, e aqueles que recebem acima de R$ 6.000 têm o salário dividido em três parcelas. Em maio do ano passado, além do escalonamento, as parcelas começaram a sofrer atrasos.

Carta. No programa eleitoral exibido nesta segunda-feira (24), Haddad entrega para Pimentel uma carta escrita pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – que está preso em Curitiba, há quase seis meses, por crimes de corrupção – direcionada para o povo mineiro. Na carta, Lula pede votos para Haddad e para Pimentel e conta que na época em que ele era presidente e Pimentel, o prefeito de Belo Horizonte, havia uma parceria entre eles. O líder do PT garante que, caso os candidatos petistas sejam eleitos, tal parceria vai ser retomada.

“Quando fui presidente, nossa parceria permitiu que ele fosse o melhor prefeito do país. Com Haddad na Presidência e Pimentel no governo do Estado, essa parceria será retomada, e Minas vai deixar para trás a perseguição e voltar aos bons tempos”, diz trecho da carta.

Agenda

Saúde. Nesta terça-feira (25), o governador grava programa eleitoral, concede entrevista e cumpre agenda de governo. À noite, Pimentel participa de plenária sobre políticas para a saúde.


Fonte O Tempo

terça-feira, 25 de setembro de 2018

SERVIDORES ENTRAM NA JUSTIÇA PARA RECEBER PRÊMIO DE PRODUTIVIDADE DE 2013 E 2014


Um escritório de advocacia de Belo Horizonte ajuda servidores que entraram na Justiça contra a falta de pagamentos dos prêmios de produtividade nos anos de 2013 e 2014 acordados na gestão de Antonio Anastasia (PSDB-MG), hoje senador e candidato a governador. Segundo o advogado Ricardo Maurício, do escritório Brettas e Reis, a ação foi feita após diversos contatos de funcionários do Estado abordando a questão. No cálculo do jurista, o montante de pessoas na ação pode chegar a mais de 500.

“A última vez em que esse benefício do prêmio de produtividade foi pago foi em 2014, mas era um montante referente ao exercício de 2012. Os anos de 2013 e 2014 ainda estão em aberto”, conta o advogado, alegando, ainda, que a ação que envolve os valores de 2013 está prestes a ser prescrita. “Está quase prescrevendo. Estamos na luta para que isso não aconteça e os servidores recebam o que têm direito”, pontua.

O benefício, considerado como um 14º salário do funcionalismo e que é destinado a servidores que atingiram metas produtivas, foi implantado no governo Aécio Neves (PSDB). Em 2014, último ano em que o benefício foi pago, referente ao exercício de 2012, o prêmio de produtividade custou aproximadamente R$ 570 milhões. Cerca de 365 mil servidores receberam valores naquele ano.

Em março de 2015, três meses após assumir a gestão, Pimentel assinou decreto determinando que o benefício, durante sua gestão, só seria pago se houvesse disponibilidade de recursos em caixa. De fato, os prêmios dos exercícios de 2015, 2016 e 2017 não foram pagos.

Questionado se o escritório também vai entrar na Justiça pedindo o pagamento dos benefícios atrasados por Pimentel, Ricardo Maurício disse que não. “Até poderíamos fazer esta ação, mas perderíamos sem dúvida alguma. Em 2015, nesta gestão, não houve o acordo de metas entre a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e as entidades sindicais, então seria uma derrota certa. O governo Anastasia, sim, realizou esse acordo, esse compromisso”, argumentou o advogado.

Na semana passada, durante cumprimento de agenda de campanha em Pouso Alegre, no Sul de Minas, Anastasia disse ter “simpatia pela ideia de retomar o pagamento do prêmio por produtividade para o funcionalismo público”. Apesar disso, o tucano classificou como “ansiedade” dar mais detalhes sobre o tema. Na ocasião, ele afirmou, ainda, que, quando o adicional foi criado, com o intuito de motivar o funcionário a atingir metas, na primeira etapa do chamado “choque de gestão”, em 2008, “a casa já estava em ordem” havia um tempo.

Em contato com o Aparte, a assessoria de Antonio Anastasia afirmou que a responsabilidade pelos atrasos no pagamento destes anos é da atual gestão, de Fernando Pimentel (PT).

“Durante a gestão de Anastasia o prêmio de produtividade foi pago de acordo com aquilo que foi acordado. As metas pactuadas em 2012 foram apuradas durante 2013 e pagas em 2014. As metas de 2013 foram apuradas durante 2014 e deveriam ter sido pagas já no atual governo, em 2015; assim como as de 2014, apuradas em 2015, deveriam ter sido pagas em 2016”, mostra a nota enviada pela equipe do tucano.


Fonte O Tempo




Pimentel promete divulgar escala de pagamento no dia 2 de outubro


Também foi anunciada ao comitê do funcionalismo a instalação de um grupo para estudar a situação previdenciária do estado

O governador Fernando Pimentel disse na semana passada que seu salário também é parcelado(foto: Carlos Alberto / Imprensa MG)

O governo de Minas marcou para cinco dias antes das eleições o anúncio da escala de pagamento de outubro, pelo mês trabalhado em setembro. A data, do dia 2/10, foi informada em reunião do comitê de servidores com o estado nesta segunda-feira (24). No mesmo dia será instalada a comissão para estudar uma solução para o rombo previdenciário nos cofres públicos mineiros.

O grupo também ouviu dos representantes do governador Fernando Pimentel (PT) que o trabalho será para melhorar a escala, fazendo coro ao que o petista vem dizendo em entrevistas recentes.

A partir de setembro, o governador garantiu que as datas do parcelamento anunciado não sofrerão atraso. Ele também alega ter diminuído o escalonamento para duas datas e que pretende “melhorar” ainda mais a tabela. Na semana passada, Pimentel também afirmou em entrevista que o próprio salário também é parcelado.

Escala de pagamento

As datas de pagamento e os valores das parcelas serão definidas somente no dia 2 de outubro, segundo o assessor-chefe de Relações Sindicais e Trabalhistas do governo, Carlos Calazans. “Estamos fazendo as contas para discutir a proposta nesta data (2/10) e definir as datas e valores. O esforço é para melhorar a escala, mas dependemos de questões financeiras”, disse.

Segundo ele, a comissão de estudo da situação previdenciária que também será instalada em 2 de outubro terá representantes de 13 sindicatos. Ela será presidida pelo secretário de Planejamento e Gestão em Exercício César Lima e terá membros das secretarias da Casa Civil e Fazenda.

O governo de Minas mudou as regras do parcelamento na escala anunciada para este mês de setembro. Nela, os servidores da educação e demais categorias continuaram recebendo em três datas, mas, de acordo com o estado, tratam se de duas parcelas (a primeira, um complemento dela e a segunda). Para os funcionários da Segurança, Hemominas, Fhemig e Ipsemg, continuaram a ser dois dias de pagamento.

Confira a escala de setembro:

Para os servidores do IPSEMG, FHEMIG, HEMOMINAS e Segurança Pública (ativos, inativos e pensionistas):

13/9 (quinta-feira): 1ª parcela de  até R$ 3.000.

26/9 (quarta-feira): 2ª parcela restante do salário.

Continua depois da publicidade


Para os demais servidores da educação e demais categorias (ativos, inativos e pensionistas):

13/9 (quinta-feira): 1ª parcela até R$ 2.000
20/9 (quinta-feira): complemento de até R$ 1.000
28/9 (sexta-feira): restante do salário.



Fonte Em.com.br

Sancionada lei que amplia licença paternidade para as Forças Armadas

O presidente da República em exercício, ministro Dias Toffoli, preside cerimônia de sanção de Lei que amplia licença paternidade para integrantes das Forças Armadas - Antonio Cruz/ Agência Brasil

“É crucial porque estimula nesta fase, particularmente importante, o desenvolvimento dos laços afetivos entre pai e filho. É crucial também porque ajuda a aliviar o peso que tradicionalmente recai sobre a mãe. A divisão de tarefas com o pai atende os interesses da saúde da mãe e da criança”, disse Toffoli. Para ele, a extensão da licença significa a “valorização da paternidade”.

Com a alteração, os militares terão a licença-paternidade semelhante à dos servidores públicos federais, na esfera civil, e dos empregados da iniciativa privada, no caso das empresas que participam do programa Empresa Cidadã, criado em 2016.

O ministro da Defesa, General Silva e Luna, também discursou no evento. Sua fala deu ênfase ao papel do pai na educação dos filhos. “Ser pai significa ser base, proteção, ordem, autoridade, força, vigor, verdade. Significa ser mestre, [ter] capacidade de indicar caminhos, mesmo sabendo quão custoso será trilhá-los. Ser pai significa ter um grande amor pelos filhos. Amá-los na alegria, na diversão e na dor. Amá-los ensinando a distinguir ninhos de arapuca”.

Toffoli ficará na presidência da República interinamente até amanhã (25), quando Michel Temer retorna de Nova York. Ele está na cidade norte-americanaacompanhando as atividades da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU).

Fonte Agencia Brasil

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Pagamento integral no 5 dia útil de outubro

Um golpe do governador Pimentel para ir para o segundo turno.


Não vote no Pimentel


Informações do deputado sargento Rodrigues


Fonte Blog da Renata

LUTO PMMG

Srs é com muita dor que tenho de informá-los que o Cb Elton não resistiu aos ferimentos, apesar de todas as manobras médicas o militar veio a óbito.

O acidente na km 79.1 da BR050 altura do Glória, por volta das 09h30 de 23/09/18.

Militar estava no veículo próprio sentido a Uberaba, segundo a PRF aparentemente o Cb Elton perdeu o controle, saiu da pista capotou e foi arremessado para fora do veículo.

Foi socorrido pela ambulância da MGO com fratura de crânio e ferimentos internos.

Equipe médica ficou mais de hora tentando reanimá-lo mas apesar de inicialmente responder precariamente não resistiu e veio a óbito.

Cmt do Batalhão, Supervisão, Cmt de Cia e CPU acompanhando e todo o apoio necessário a família.

Que Deus tenha misericórdia e ampare toda a família!

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

DECRETO 450/2018 DEFINE EXIGÊNCIA DE NÍVEL SUPERIOR PARA INGRESSO NA PMMG

Foi publicado no último dia 13/09/2018, no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais - DOEMG, o Decreto nº 450 que encerra o prazo de prorrogação da exigência de nível superior de escolaridade para ingresso como soldado da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG).


Até a semana passada, antes da publicação do Decreto 450/2018, havia uma polêmica sobre a exigência do nível superior de escolaridade para o ingresso no cargo de soldado da PMMG, pois o Decreto nº 413/2015 prorrogava essa exigência até o ano de 2020 e mesmo com a prorrogação todos os editais da PMMG exigiam o requisito para o ingresso na Instituição.

O discussão foi parar no poder judiciário, que por decisão em primeiro grau chegou a suspender o concurso público para o cargo de soldado poucos dias antes da prova. Porém, a decisão do magistrado foi revertida por outra do próprio Presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Agora, com a publicação do Decreto nº 450/2018 encerra-se a discussão. A partir de agora não há mais dúvidas de que passa a vigorar a exigência do nível superior de escolaridade para ingresso em qualquer cargo da PMMG, conforme prevê o inciso V do art. 5º da Lei nº 5.301/69 - Estatuto dos Militares do Estado de Minas Gerais.

Cabe esclarecer que o Curso Sequencial ainda é aceito pela PMMG como preenchimento do requisito de nível superior de escolaridade, apesar da pouca duração do curso (apenas 3 meses). A previsão do Curso Sequencial como Curso Superior de Escolaridade está no art. 44 da Lei nº 9394/96 - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Importante ressaltar que para que o Curso seja aceito pela PMMG é necessário que o curso seja reconhecido pelo MEC.

Confira na íntegra o que dispõe o Decreto nº 450/2018:

Encerra o prazo prorrogado de que trata o Decreto NE nº 413, de 8 de outubro de 2015, que prorroga o período previsto no art. 6º daLei Complementar nº 115, de 5 de agosto de 2010.
O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso de atribuição que lhe confere o inciso VII do art. 90 da Constituição do Estado e tendo em vista o disposto no parágrafo único do art. 6º da Lei Complementar nº 115, de 5 de agosto de 2010,
DECRETA:
Art. 1º – Fica encerrado o prazo prorrogado de que trata o Decreto NE nº 413, de 8 de outubro de 2015, que prorroga o período previsto no art. 6º da Lei Complementar nº 115, de 5 de agosto de 2010.
Art. 2º – Este decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, aos 13 de setembro de 2018; 230º da Inconfidência Mineira e 197º da Independência do Brasil.
FERNANDO DAMATA PIMENTEL



Fonte Policia Pela Ordem

Memorando que retifica a proibição de carros c adesivos serem proibidos de entrar nos quartéis, portanto, permitindo a entrada!




Fonte Blog da Cris

Governo de Minas estuda reduzir parcela para pagamento dos servidores


Atualmente os servidores recebem o salário dividido em até três parcelas

O governo de Minas Gerais informou, nesta quarta-feira (19), que estuda reduzir o número de parcela para o pagamento dos servidores públicos a partir do mês que vem.

Atualmente os servidores recebem o salário dividido em até três parcelas. Segundo  nota da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), a redução é estudada.

"Conforme o próprio governador ressaltou durante o debate dessa terça-feira, a redução do número de parcelas a partir do mês que vem é uma possibilidade que está em estudo", disse a secretaria por nota.

Ainda de acordo com a nota, a questão do escalonamento é sempre discutida por representantes do governo e dos sindicatos que representam os servidores na  Comissão de Acompanhamento da Folha de Pessoal, criada por determinação do governador Fernando Pimentel.

"É preciso deixar claro que a decisão de parcelar os salários dos servidores do Executivo está diretamente atrelada ao déficit deixado pela gestão anterior e à atual crise econômica que afeta o país", conclui a nota.

Fonte O Tempo

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Todo homem deve ser capaz de salvar sua própria vida: 5 atividades físicas que um homem deve dominar


Em 1926, o atleta e fisiculturista americano Earle Liederman escreveu um livro chamado Endurance. Nele, Liederman argumenta que todo homem deveria estar fisicamente apto a salvar sua própria vida em uma emergência. Ele define cinco padrões de aptidão física que indicam se um homem está à altura dessa tarefa. Nenhum deles exige que você seja capaz de levantar 200 Kg no supino ou tenha um abdômen “trincado”. Em vez disso, os padrões de aptidão física se concentram em ter força e resistência para correr, nadar ou se colocar em segurança. Se você está procurando por um objetivo fitness, os cinco padrões de aptidão física de Liederman são um bom lugar para começar.

Segundo Liederman:



“Todo homem deveria poder salvar sua própria vida. Ele deveria ser capaz de nadar longe o suficiente, correr rápido e por tempo suficiente para salvar sua vida em caso de emergência e necessidade. Ele também deveria ser capaz de puxar o próprio peso um número razoável de vezes, bem como sustentar o próprio peso com os braços várias vezes, e deveria ser capaz de pular uma altura e distância razoáveis.”

Um homem deveria ser capaz de:

Nadar ao menos um quilômetro




Correr ao menos 200 metros em alta velocidade




Pular sobre obstáculos mais altos que a cintura




Puxar seu corpo para cima com a força de seus braços, até que seu queixo toque suas mãos, pelo menos de 15 a 20 vezes




Mergulhar entre barras paralelas ou entre duas cadeiras, pelo menos 25 vezes



Liederman finaliza:

“Se ele puder realizar essas coisas, não precisará temer a segurança de sua vida, caso seja forçado a entrar em uma emergência da qual só ele possa se salvar ”.


Fonte: SejaParabellum

Corpo de Bombeiros fiscaliza situação de segurança em cerca de 350 museus em Minas


Museus de Minas Gerais recebem, a partir desta segunda-feira, fiscalização do Corpo de Bombeiros para verificar as condições de segurança dos imóveis. A ação vai durar 60 dias e ocorre após o incêndio que destruiu parte do acervo do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, no dia 2 de setembro. Aproximadamente 350 equipamentos culturais serão examinados.

Os trabalhos fazem parte da operação "Alerta Vermelho", já realizada pela corporação em estabelecimentos comerciais. A força-tarefa foi deliberada pelo governador do estado, Fernando Pimentel (PT), na última quinta-feira (6), em decreto publicado do Diário Oficial. Durante a vistoria, os militares vão verificar se o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) está regular. Estrutura e condições de ligações elétricas, sinalizações para saídas de emergência, além das zonas de escape dos visitantes em caso de algum ocorrido, estão na pauta das verificações.
A situação dos hidrantes e dos extintores de incêndio também receberam atenção durante a perícia nos museus. Ao fim dos 60 dias, um relatório sobre a situação dos museus será expedido para que as possíveis providências sejam tomadas pelos responsáveis. "As medidas já começam a ser tomadas agora. Mas o objetivo da operação não é a interdição de museus", explicou o tenente Pedro Aihara.
 “A gente está fazendo isso para atualizar o estágio e o nível de regularização que cada edificação está. Como estamos dentro de uma força-tarefa, essas informações são gerenciadas por uma sala de situação que contempla 11 órgãos, que vão desde o Corpo de Bombeiros até os que são responsáveis pelo patrimônio histórico. A partir dessa integração medidas vão ser tomadas", acrescentou o militar.
Compõem a operação os seguintes órgãos: Secretaria de Estado de Cultura (SEC), Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), Gabinete Militar do Governador (GMG) – por meio de sua Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha), Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Fundação Clóvis Salgado (FCS), Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop) e Conselho Estadual de Patrimônio Cultural (Conep).
Fonte: Hoje em Dia

Com série de promoções, PM tem mais chefes do que soldados


Corporação quer mudar fluxo na carreira ainda no período de intervenção e há resistência na Alerj

Rio - O colapso na organização hierárquica da Polícia Militar tem levado o interventor, general Braga Netto, a conversar com os candidatos ao governo do estado sobre um decreto que deve entrar em vigor após as eleições: a mudança no fluxo de carreira dos praças da corporação. Afinal, a PM possui atualmente mais chefes do que comandados. Dados obtidos pelo DIAmostram que, no quadro operacional, há 15.158 sargentos contra 12.053 cabos e 8.995 soldados. Já entre os oficiais, há mais majores do que capitães ou tenentes, por exemplo.
A chamada 'pirâmide invertida' dos cargos teve origem em 1996. Na época, o então governador Marcello Alencar (PSDB) criou um plano de carreira que previa a promoção de praças pelo tempo de serviço. Com dez anos na corporação, um soldado se tornaria cabo e, cinco anos depois, seria promovido a sargento.
Já em 2012, a situação se agravou com uma decisão do governo de Sérgio Cabral (PMDB). Pressionado por um movimento grevista, que queria melhorias e aumento salarial, ele, então, diminuiu o interstício de promoções. O primeiro intervalo de promoção foi reduzido de dez para seis anos. Já o segundo, de 15 para 12 anos. E, se antes a ficha do policial para ser promovido tinha que possuir comportamento considerado, no mínimo, 'ótimo', o corte passou a ser 'bom'.



Em junho passado, a Polícia Militar chegou a apresentar na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) sugestões que embasam o novo plano, que deverá ser enviado ao interventor no final das eleições. Na proposta, um soldado para ser promovido a cabo deverá ter, em vez de seis anos de serviço, dez. E, um sargento para subtenente, 30 anos de serviço, e critério de comportamento 'excepcional'. Atualmente, para este posto, é necessário ter 25 anos como policial e critério comportamental 'bom'.
Para além das distorções nos postos, a ideia é diminuir o impacto nos valores da aposentadoria. De acordo com a Previdência Social, a Polícia Militar, apesar de possuir o segundo maior número de aposentados (são cerca de 25 mil inativos contra 84 mil aposentados da Secretaria Estadual de Educação), é quem onera mais a folha de pagamento. No mês de julho, o valor bruto somado foi de R$ 254 milhões ante R$ 228 milhões da Educação.
Procurados, a PM e o Gabinete de Intervenção não quiseram se pronunciar sobre o assunto.
Alerj cria frente parlamentar para barrar decreto
Deputados estaduais já estão prontos para barrar a mudança na estrutura de progressão da carreira de praças caso o ato seja feito via decreto. Eles querem que a mudança seja debatida na Alerj, assim como ocorre no caso da carreira dos oficiais.
"Estamos prontos para sustar esse decreto assim que ele for publicado. Isso porque entendemos que é mais legítimo que seja feito por projeto de lei, debatido na Casa e de forma pública, assim como ocorre com o oficialato", afirmou o deputado Bruno Dauaire (PRP), presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Servidores Miliares. A frente, que reúne vários partidos, foi criada este ano justamente após os deputados tomarem conhecimento do projeto da corporação.
"Não é admissível que algo tão importante assim seja feito através de um decreto, da noite para o dia. Além disso, entendemos que deva ser algo a ser debatido pelo próximo governo e não no final do governo do Pezão", apontou.

Para a mudança de oficiais, o plano de estudo da corporação, apresentado em junho na frente parlamentar, prevê que o oficial tenha 30 anos de serviço, incluindo cinco anos na última patente para se aposentar com vencimento integral.
Fonte: O Dia

PM terá veículos blindados para combater ataques a bancos em Minas

Governador Fernando Pimentel (PT) anunciou, nesta segunda-feira, que serão adquiridos 20 carros blindados. Eles serão distribuídos para todas regiões de Segurança de Minas
Uma nova estratégia para combater as quadrilhas que tiram o sono das cidades do interior de Minas é lançada pelo Governo. As Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) do estado vão receber veículos blindados para as ações da Polícia Militar (PM) contras as organizações criminosas. A medida foi anunciada nesta segunda-feira pelo Governador Fernando Pimentel (PT).



Segundo o governador, serão adquiridos 20 veículos blindados. “Um projeto importante também é a segurança regional blindada. Nós estamos autorizando e a PMMG vai adquirir 20 veículos de grande porte, blindados, para enfrentar a questão das quadrilhas de explosão de caixas eletrônicos que utilizam armamento muito pesado. Um veículo em cada região de segurança do estado, vai ficar ainda mais eficiente o combate”, explicou Pimentel.

Um veículo já está em uso pela PM em caráter experimental, na cidade de Poços de Caldas, na Região Sul de Minas. “É um teste para adaptação da tecnologia e equipamentos. É um veículo de plataforma de caminhonete com carroceria toda blindada. Estamos chamando o projeto de segurança blindada. Vamos lançar em todo o interior do estado em pontos,obviamente, estratégicos de estradas, cobrindo municípios. Derão veículos destinados a dar a Polícia Militar uma maior capacidade de enfrentamento aos crimes de maior agressividade que tem acontecido no interior”, explicou o coronel Helbert Figueiró, comandante-geral da PMMG. Ele ressaltou que a estratégia será lançada mesmo com queda no número de ocorrências desta natureza.
O projeto foi apresentado em reunião do comitê da segurança na manhã desta segunda-feira. De acordo com Figueiró, o governador já autorizou a compra dos veículos. “Inicialmente, nesta primeira fase, serão 20.  Depois mais 20 serão lançadas assim que conseguirmos realizar essa compra, visando essa capacidade, e força de resposta no interior do estado”, disse. Cada veículo, segundo o comandante, tem custo entre R$ 340 mil e R$ 350 mil. Os primeiros 20 carros vão custar cerca de  R$ 7 milhões.

Dados divulgados pela PM mostram que os ataques a bancos vêm caindo em Minas Gerais. De acordo com a corporação, de janeiro a agosto, foram 66 ocorrências. No mesmo período do ano passado foram 133 casos, e em 2016, 172 registros. Em 2018, foram presas 42 pessoas envolvidas no crime. O número é maior do que em 2017, quando foram 25 presos, e que 2016, quando 14 foram detidos.

Mesmo com redução, os ataques a bancos no interior de Minas Gerais vêm assustando os moradores e provocando prejuízos. Na madrugada deste domingo, um grupo fortemente armado atacou uma agência em Careaçu, na Região Sul de Minas Gerais. Ao menos 10 pessoas participaram da ação. Os criminosos chegaram na cidade e atiraram várias vezes antes de explodirem os caixas eletrônicos.

Na fuga, trocaram tiros com a polícia. Buscas são feitas na cidade para tentar encontrar a quadrilha. Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito foi localizado. Cápsulas de grosso calibre foram encontradas próximos da agência. A Polícia Civil já iniciou as investigações para chegar até os criminosos.

Fonte EM.COM.BR

Cidades do interior terão bases comunitárias da PM a partir da próxima semana


 O governador de Minas Fernando Pimentel anunciou, na manhã desta segunda-feira (10), a distribuição de 120 bases comunitárias da Polícia Militar para municípios do interior.
A implantação começa em cidades da Região Metropolitana e algumas do interior, a partir da próxima semana. Ainda segundo Pimentel, a polícia começará a utilizar viaturas blindadas no combate a explosões de caixas eletrônicos.
“Ao longo deste mês e do mês que vem, vamos estender o modelo que está dando certo em Belo Horizonte para o interior todo. Vamos começar na Região Metropolitana, com Contagem, Betim, Neves; e depois Juiz de Fora, Uberlândia, Montes Claros”, afirmou.
O serviço, que já funciona em BH, será implementado nas cidades de maior porte de Minas, aquelas com maior concentração de pessoas e fluxo de veículos. “Serão 106 distribuídas nesses municípios, porque as demais são de reserva para eventuais manutenções”, explicou o coronel Helbert Figueiró, do comando da Polícia Militar de Minas Gerais.
A informação foi passada após reunião do governador com o comitê de segurança pública. O encontro mensal discute dados de crimes e decide estratégias de ação do grupo. Nesta segunda-feira (10), foram analisados dados de janeiro a agosto de 2018, em comparação com o mesmo período do ano anterior.
Crimes
Conforme o Secretário de Estado de Segurança Pública, Sérgio Barboza Menezes, os números "são bons" e 10 dos 12 índices acompanhados tiveram queda. Dados absolutos, no entanto, não foram repassados durante entrevista à imprensa. “Diminuíram inclusive os crimes violentos, como homicídio e roubo. Explosões de caixas eletrônicos caíram cerca de 50% em relação a 2017”, afirmou. Para ele, a queda pode ser atribuída à integração entre as forças de segurança, repressão qualificada e proteção social.
Segurança regional blindada
Além disso, ainda conforme o governador, a PM está autorizada a adquirir 20 veículos de grande porte, blindados para enfrentar as quadrilhas de roubo e explosão de caixas eletrônicos. "O veículo na verdade já está em teste desde a semana passada na região de Poços de Caldas e vai percorrer algumas regiões, para adaptação da tecnologia", explicou o coronel da PM, Helbert Figueiró. Segundo ele, o trabalho será de prevenção, e também de combate e cerco no momento das ocorrências.
O carro tem estrutura de caminhonete, com a carroceria toda blindada e ficará em pontos estratégicos, nos municípios com maior número de casos, diariamente. Cada veículo tem um custo de aproximadamente R$ 340 mil. O projeto inicial deve girar em torno de R$ 7 milhões.

Veja os dados em Minas Gerais



Veja os dados em Belo Horizonte



Fonte  Hoje em Dia

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Policiais trocam tiros dentro de companhia da PM e dois morrem na hora

Autor dos disparos iniciais respondia por transgressão disciplinar

Um soldado da Polícia Militar atirou contra dois colegas militares, em Ivaiporã, no norte do Paraná, dentro da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar (PM), na manhã deste domingo (2). Dos dois alvos, o subtenente Luiz Antonio Abba morreu na hora e o soldado Robson Alves Medina checou a ser internado em estado gravíssimo, mas não resistiu e morreu no hospital. O policial que efetuou os disparos – Lucas Santos Araújo – foi morto na troca de tiros por outros militares.
De acordo com informações da CIPM, a situação aconteceu durante a troca de serviço. Os dois policiais vítimas foram atingidos quando o soldado Santos se preparava para assumir o plantão. Segundo inquéritos internos apurados depois do crime, o autor do atentado tinha comportamento antissocial e já respondia por procedimentos administrativos.
Suspeita
Há informações de que o subtenente era encarregado de investigar um procedimento interno chamado de Formulário de Apuração de Transgressão Disciplinar (FATD), em que o soldado Santos era o autor. No entanto, ainda não há como afirmar a motivação dos disparos.
Nota
A Polícia Militar do Paraná soltou uma nota oficial lamentando profundamente a perda dos policiais e o decreto de três dias de luto.
“Oramos a Deus que conforte os corações destas famílias neste momento que é muito doloroso e triste. A PM está consternada com a perda destes irmãos de farda e com a dor dos familiares, por isso peço a proteção de Deus a todos os integrantes desta Corporação, que diariamente dedicam suas vidas em prol da comunidade, para que situações como esta não voltem a acontecer. Que Deus continue a nos iluminar nesta caminhada árdua em defesa da sociedade”, pede a Comandante-Geral da PM, coronel Audilene Rosa de Paula Dias Rocha.
O Subcomandante-Geral da PM, coronel Arildo Luis Dias, também lamenta a tragédia. “Independente das circunstâncias que envolvam os fatos que levaram às mortes destes policiais, o que dói para nós militares estaduais é a perda de irmãos de farda, principalmente em uma situação desta complexidade”, lamentou. “Este é um fato isolado e não faremos juízo de valor sobre a ocorrência, aguardaremos os devidos trâmites legais, ou seja, faremos os levantamentos necessários para saber qual foi a motivação, e como se deram os fatos que resultaram nesta tragédia que abateu nossa Corporação”, disse.
Logo após o ocorrido, a PM instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM) que vai apurar as circunstâncias do fato, bem como a motivação, entre outras questões pertinentes. “Todos os policiais presentes no local serão ouvidos, as armas e viatura utilizadas recolhidas para perícias e outros procedimentos adotados a fim de esclarecer esta tragédia. A Polícia Científica também esteve no local para os procedimentos cabíveis”, afirmou o tenente-coronel Luiz Roberto Costa, Comandante do 2º Comando Regional de Polícia Militar (2º CRPM).
O Subtenente tinha 26 anos de corporação (ingressou em 1991) e 51 anos de idade, era pastor evangélico, casado e deixa esposa e duas filhas adultas. Já o soldado Medina, ingressou na Corporação em 2016, tinha 36 anos de idade e dois de Corporação. Ele era casado, deixa esposa e duas crianças.
O soldado Santos, por sua vez, ingressou na PM em 2016, tinha dois anos de Corporação, 26 anos de idade, era casado e não tinha filhos. De acordo com informações da 6ª Companhia Independente, não possuía em seu histórico registro de transtornos psicológicos e nem de atestado médico, mas respondeu a dois procedimentos disciplinares internos recentemente.
Desde o Comando-Geral, passando pelo 2º Comando Regional da PM até o Comando da 6ª CIPM, todos estão consternados com o fato. “É lamentável ter que lidar com uma situação trágica entre irmãos de farda, algo sem precedentes, que choca toda a sociedade, mas Deus está acima de tudo. A Polícia Militar dará toda a assistência, que estiver ao alcance, às famílias dos policiais militares”, explicou. “O Comandante da 6ª CIPM está pessoalmente, com equipes policiais, acompanhando as famílias e os procedimentos”, conta o tenente-coronel Roberto.
O Comandante do 2º CRPM sintetizou o trágico evento com a mensagem do livro de Eclesiastes, no capítulo 3, que fala acerca do tempo para cada propósito, seja o tempo para nascer, o tempo para morrer, o tempo de chorar, de rir e de prantear. Informações de velório e sepultamento serão repassadas em momento oportuno”, finaliza a nota da PMPR.

Fonte:Banda B

Soldado da PM que atirou em dois colegas não tinha problemas psicológicos, diz capitão

O policial que efetuou os disparos – Lucas Santos Araújo – foi morto na troca de tiros por outros militares
O soldado da Polícia Militar (PM) que atirou contra dois colegas militares, em Ivaiporã, no Norte do Paraná, dentro da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar (PM), na manhã deste domingo (2 ), não tinha problemas psicológicos aparentes e poder ter sido motivado por uma vingança. Dos dois alvos dele, o subtenente Luiz Antonio Abba morreu na hora e o soldado Robson Alves Medina chegou a ser internado em estado gravíssimo, mas não resistiu e morreu no hospital. O policial que efetuou os disparos – Lucas Santos Araújo – foi morto na troca de tiros por outros militares.
De acordo com informações da CIPM, a situação aconteceu durante a troca de serviço. Os dois policiais vítimas foram atingidos quando o soldado Santos se preparava para assumir o plantão. Segundo inquéritos internos apurados depois do crime, o autor do atentado tinha comportamento antissocial e já respondia por procedimentos administrativos

Fonte:Banda B

Suspeitos de tentar fraudar provas do concurso da PM são presos em Montes Claros

Esquema custava R$ 10 mil a candidatos que quisessem gabaritos
Cinco pessoas foram presas, nesse domingo (2), em Montes Claros, na região Norte de Minas Gerais, depois de flagradas tentando fraudar o concurso da Polícia Militar.

O certame, que foi realizado em várias cidades do Estado, tem como objetivo selecionar 1.560 soldados para o Curso de Formação de Soldados da PM em 2019, e teve quase 60 mil candidatos prestando a prova objetiva no domingo. A ocorrência foi lavrada, após um homem de 29 anos ser flagrado com um cartão magnético para transmissão de áudio e um ponto eletrônico no ouvido direito. O candidato realizaria o exame no Campus Funorte JK.
Depois de encontrar as irregularidades com o homem, a Polícia Militar o questionou e chegou ao nome do mentor do esquema, um homem de 38 anos que teria cobrado R$ 10 mil aos concorrentes, que quisessem receber o gabarito da prova. Em sua casa, foram encontrados dispositivos eletrônicos receptores, um aparelho celular e uma central de circuito interno de TV.
Outros três participantes também foram presos encontrados com os mesmos materiais do primeiro suspeito. Dois deles, de 24 e 29 anos, foram presos na Unimontes, e o outro, de 21, que seria responsável por responder as questões corretamente e repassar aos demais, fazia a prova no Colégio Tiradentes e teria recebido R$ 2 mil pela tarefa.
De acordo com o coronel Evandro Borges, comandante da 11ª Região da Polícia Militar, o concurso não foi prejudicado pelo esquema e continua válido.
Fonte: Hoje em Dia

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Como um policial pode se tornar milionário com investimentos

É mais fácil, e barato, tornar-se um milionário do que você imagina.
Infelizmente nós brasileiros temos pouca ou nenhuma educação financeira. Nos acostumamos a passar a vida lutando contra o cartão de crédito e acreditando que o ápice dos investimentos é colocar algum dinheiro na Caderneta de Poupança ou mesmo comprar a casa própria financiada (falaremos mais sobre isso no futuro).

Bom, felizmente existem outras inúmeras opções de investimentos mais rentáveis e muito seguros. Sabendo como usá-los, você, policial militar, pode sim se tornar um MILIONÁRIO! A incidência de juros compostos combinados com rentabilidade acima da inflação, aportes mensais e TEMPO são a chave desse “segredo”. Destacamos o fator TEMPO porque ele é, sem dúvidas, um dos mais importantes. Você verá que se tornar milionário não é difícil, mas vai exigir paciência e disciplina.

As variáveis de renda, progressão na carreira e características individuais entre policias do Brasil é imensa, de forma que seria impossível fazer uma simulação geral que servisse perfeitamente para qualquer um. Faremos algumas generalizações com o objetivo de demonstrar como é possível, com uma renda comum aos policiais, se tornar um milionário de verdade.

QUE INVESTIMENTO BUSCAR?

O mercado oferece uma infinidade de aplicações financeiras, que variam dentre as variáveis rentabilidade e segurança. Normalmente quanto mais segura uma aplicação é, menos rentável ela se torna (isso diz muito sobre a poupança, uma das aplicações mais seguras). Nosso objetivo não é discutir sobre todos os investimentos disponíveis, a internet tem um mundo de informações que irão te ensinar tudo o que você precisa saber. Indicamos como ponto de partida os canais do Primo Rico e Me Poupe.

No nosso exemplo utilizaremos o Tesouro Direto. Um investimento de renda fixa controlado pelo Governo Federal e com muita segurança. Você pode saber mais sobre ele no site oficial do Tesouro.
Para investir no Tesouro Direto você vai precisar basicamente de uma conta bancária e acesso à internet. O investimento mínimo é de R$ 30,00. Acredite, é muito fácil, não há motivo para não fazer.

MAS QUANTO GANHA UM POLICIAL?

Como já dissemos, é impossível fazer uma simulação geral que atenda a todas as realidades salariais de policias do Brasil, portando vamos utilizar os seguintes parâmetros:

– Consideraremos a média dos salários iniciais de policiais militares no Brasil (fonte) como nosso salário de referência, o que dá um valor de aproximadamente R$ 3.770,00.

– Desconsideraremos a progressão na carreira dos policiais, utilizando apenas esse valor como referência de salário durante todo o período de investimento. No fim das contas, o resultado que encontraremos na simulação seria até maior na realidade, já que o policial poderia aumentar o valor investido à medida que fosse promovido.

QUANTO VOCÊ DEVE INVESTIR POR MÊS?

10% da sua renda. Ponto. Esse é o valor mínimo indicado por especialistas que todo mundo, policial ou não, deve reservar para investimentos mensalmente. Ajuste seu orçamento e corte gastos para atingir esse valor. Se você conseguir poupar mais, melhor ainda!

Como estamos desconsiderando a progressão nas carreiras dos policiais, e seus respectivos aumentos salariais, utilizaremos em nossa simulação o valor de 15% ao mês como forma de compensação. Assim, em nosso exemplo, o policial investiria mensalmente o mesmo valor mensal, do início ao fim da carreira.
15% de R$ 3.770,00 representa uma quantia de R$ 565,50. É isso que você precisa poupar mensalmente para se tornar um milionário no futuro!

VAMOS AOS CÁLCULOS.

Utilizaremos o simulador oficial do site do Tesouro Direto para nossos cálculos. Você pode (e deve) utilizá-lo para fazer as suas contas pessoais clicando AQUI.

Usaremos como exemplo o Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050. Esse título tem vencimento em 15/08/2050, o que significa que você só deverá resgatar seu dinheiro nessa data (daqui há 32 anos, período bem próximo do tempo de serviço ativo de policiais). Esse título que rentabilidade variável, e os resultados demonstrados aqui representam uma estimativa elaborada pelo Tesouro.

Iniciaremos com um investimento de R$ 30,00 (valor mínimo) realizado hoje, 26/08/2018, e simularemos aportes mensais de R$ 565,50 até o vencimento do título.



Esse é o gráfico da evolução do seu patrimônio bruto do início ao fim da aplicação:
im, em agosto de 2050 você teria a quantia bruta de R$ 1.336.407,87! Impressionado?

Vamos entender um pouco o que aconteceu: de hoje até a data do vencimento você teria feito 383 aportes mensais de R$ 565,50, o que resultaria num valor total de R$ 216.616,50. Mas você não contava com o poder dos juros compostos e do tempo! Durante esse período incidiram sobre seus investimentos juros de 9,74% ao ano, e isso faz toda a diferença! Uma diferença de R$ 1.119.790,50 para ser mais exato.


Para completar nossos cálculos precisamos descontar os custos com taxas e imposto de renda, o que soma R$ 185.270,52. Assim, descontados esses valores, você seria o feliz detentor de R$ 1.151.137,35, se tornando um milionário oficialmente!

É óbvio que durante esse período seu dinheiro será impactado pela inflação, e não a levamos em conta na nossa simulação. Mas de qualquer forma, o título que escolhemos, IPCA+, tem como característica te defender da inflação, garantindo rentabilidade sempre acima dela.

CONCLUSÃO

Essa simulação tem como objetivo principal ilustrar como é possível (e normalmente mais fácil do que imaginamos) investir dinheiro e mudar a qualidade de vida de sua família! Existem outras inúmeras opções de investimentos que você pode escolher para aplicar suas economias!

Estude, poupe e gaste menos do que ganha, essas são regras básicas para se ter saúde financeira. Você já viu que não é tão difícil, nunca é tarde para começar.

Fonte Blog Força e Honra

100 habilidades que todo homem deveria ter (parte 1/10)

Tem sido motivo de muitos debates acalorados entre os homens há séculos.

Quais habilidades todo homem deve ter?

Muita coisa já foi escrita sobre isso. Mas por quê?

Parte de ser homem é ser competente e eficaz no mundo. Para fazer isso, você precisa ter habilidades. Um homem quer saber (ou pelo menos sentir como se soubesse) que não importa em que situação ele esteja, ele será capaz de lidar com ela sozinho – agir em vez de seguir. Daí o nosso esforço incessante para descobrir quais habilidades precisaremos ter para demonstrar confiança e capacidade em nossos papéis masculinos.

Para o homem primitivo, esse conjunto de habilidades necessárias era claro e relativamente pequeno, girando em grande parte em torno da luta e da caça.



A quantidade de habilidades necessárias hoje, no entanto, é muito maior. O homem moderno deve ser tanto um guerreiro como um diplomata, um lenhador e um estudioso. Precisamos de habilidades físicas e habilidades intelectuais; habilidades que usamos todos os dias e habilidades que mantemos no bolso de trás, só para o caso.

Faremos uma lista de 100 habilidades que todo homem deveria ter dividida em 10 partes. Essa é a primeira delas. Boa leitura!

1 - Dar um Nó de Gravata
Mesmo em nossa cultura informal, em que moletons são roupas apropriadas para os empresários milionários, todo homem deveria saber dar um nó de gravata. Funerais, casamentos e entrevistas de emprego são apenas algumas das ocasiões em que uma gravata com nó bem feito é apropriada, e você participará de muitas delas durante a sua vida adulta. Você não quer ser o cara de 30 e tantos anos que precisa pedir a sua mãe para dar o nó na gravata para ele.

2 - Fazer uma Fogueira
Há um elo primordial entre os homens e as fogueiras. Embora não sejam mais necessárias para nossa sobrevivência, a conexão do homem à fogueira ainda existe. É estimulante e relaxante, perigosa e segura. Não há nada como se sentar em volta de uma fogueira crepitante sob um céu estrelado, enquanto cutuca as brasas com um graveto e medita sobre as grandes questões da vida. Apenas por essas razões, um homem já deveria saber como acender uma fogueira. Mas também é vital saber para que você possa fazer uma fogueira enquanto acampa para cozinhar uma refeição decente para você e para os que estão com você. Usar acendedores vendidos em lojas é um pecado capital que o enviará automaticamente para as trevas, onde há choro e ranger de dentes.

3 - Pendurar um Quadro
Ser solicitado para pendurar um quadro na parede talvez seja um dos pedidos mais comuns feitos por esposas a maridos. Embora não seja necessariamente uma ciência exata, ter algumas noções básicas sobre quadros e onde colocá-los na parede garantirá que sua casa tenha um estilo que impressione as visitas e seus pais, e  agrade sua esposa.

4 - Engraxar os Sapatos
Um par de sapatos brilhando pode adicionar o toque final a uma bela apresentação pessoal. E além de manter seus sapatos como novos, o ato de engraxar os sapatos é um ritual de homens que acalma a mente. Os movimentos repetitivos da escova de engraxar, combinados com o cheiro agradável da graxa de sapatos, são suficientes para colocá-lo em um estado meditativo. Se você quer ir além, construa sua própria caixa de engraxate.

5 - Tratar de uma Mordida de Cobra
Desde os primórdios da humanidade, as cobras têm sido um dos nossos maiores inimigos. Elas escorregam e esgueiram-se e são um potencial risco à vida. Se você encontrar uma espécie venenosa de cobra, é de seu interesse saber como dar os primeiros socorros para uma mordida. Dica: a maioria das crenças populares são apenas isso, então não tente sugar o veneno.

6 - Ler um Livro
1) Abra o livro. 2) Leia as palavras. 3) Feche o livro. 4) Vá para o próximo livro. Ler um livro parece uma tarefa bastante simples, não é? E em alguns casos, é. Se você está lendo apenas para entretenimento ou lazer, certamente pode ser assim tão fácil. Há outro tipo de leitura, no qual, pelo menos, tentamos obter algo de valor do livro em nossas mãos. Nesses casos, existem certas técnicas que você deve dominar para poder mergulhar mais fundo no texto e aproveitar todo o conteúdo.

7 - Se Barbear com Espuma e Navalha
O barbeador elétrico é rápido e fácil, e os aparelhos de barbear de várias lâminas podem te dar um barbear muito rente. Mas nada supera o ritual masculino de barbear com uma navalha. Barbear-se com navalha adiciona um elemento de habilidade de volta ao que se tornou uma atividade quase irracional. Isso te deixa mais consciente e presente. Além disso, o barbear “old school” é muito mais barato do que usar os barbeadores com várias lâminas. Uma lâmina só vai custar uns de 25 centavos. Sentir-se mais homem e economizar dinheiro? É uma proposta ganha-ganha.

8 - Estacionar
Nem sempre você vai encontrar vagas de estacionamento fáceis de serem utilizadas como em shoppings e super mercados. Vá até o centro de sua cidade e você verá a real necessidade de dominar a arte da baliza. Você não quer ser aquele cara que trava o trânsito porque fica indo para frente e para trás depois de inúmeras tentativas fracassadas.

9 - Remar uma Canoa
Remar preguiçosamente pela água é uma das grandes alegrias do homem. Seja com sua namorada em um encontro ou apenas curtindo a natureza em um passeio sozinho, há poucas atividades recreativas melhores. Embora remar pareça tão natural quanto andar de bicicleta, é preciso um certo nível de habilidade para comandar uma canoa. Não seja aquele cara / casal que não consegue sair do lugar porque rema de forma errada ou mesmo tomba e acaba na água.

10 - Negociar / Pechinchar
Dependendo de onde você, a negociação é uma parte da vida cotidiana ou uma prática desconfortável que é conscientemente evitada sempre que possível. Mas aqui está uma verdade que muitos de nós, especialmente aqueles que vivem no mundo ocidental, nem sempre consideram: percebendo ou não, muitas de suas transações comerciais podem ser negociadas e pechinchadas De quartos de hotel, a carros de aluguel e a negociações complexas de empresas, saber como pechinchar pode poupar a você (ou à sua empresa) uma boa quantidade de dinheiro. É estranho, claro, mas com a prática, você ficará mais confiante e capaz na arte de negociar.



Fonte Blog Força e Honra